Conecte com a gente

Olá, o que você está procurando?

Polícia

Acusado de atirar no rosto e matar ex-namorada é condenado a 23 anos de prisão

O acusado de atirar no rosto e matar ex-namorada no interior do Rio Grande do Norte foi condenado a 23 anos de prisão. O crime aconteceu no dia 23 de novembro de 2019, na cidade de São Miguel, no Oeste do estado. O ex-namorado da vítima, Renata Ranyelle Almeida trabalhava como vendedora e foi baleada em um suposto assalto.

Na ocasião, o assaltante fugiu sem levar nada. Depois de ficar seis dias internada na UTI, Renata não resistiu aos ferimentos e morreu. Paulo Roberto da Silva, ex-namorado de Renata, foi apontado como principal suspeito. O que acabou sendo confirmado após investigação da Polícia Civil. Ele foi preso em dezembro de 2019 em São Paulo e confessou o crime.

O júri popular aconteceu nesta terça-feira (15), onde foram ouvidas oito testemunhas de acusação e uma de defesa. Paulo Roberto foi sentenciado a 23 anos e 9 meses de prisão.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas

Polícia

“Eu sabia, tinha certeza que ela tinha envolvimento. Ela se desculpava bastante e deixava frases desconexas”. Essas palavras são de Luiz Carlos, tio do...

Brasil

Um chef de cozinha espanhol, David Peregrino Capó, de 53 anos, e a esposa dele, a brasileira Érica da Silva Santos, de 38, foram...

Internacional

Obcecada por programas e romances policiais, Jung Yoo-jung, de 23 anos, se passou por estudante para entrar na casa de uma professora a quem...

Polícia

Um rapaz de apenas 20 anos foi encontrado morto próximo a sua residência em São José de Mipibu. O caso aconteceu no sábado (18)....

Publicidade

Copyright © 2022 TV Ponta Negra.
Desenvolvido por Pixel Project.

X
AO VIVO